Arquivo da tag: Niedja Kaspary

Unimed Maceió: entre vidas e custos!

Meu plano não é Unimed e quero dizer, antes de começar o post, que não se trata de nenhuma queixa pessoal. Mesmo podendo usar este espaço para tal , acho que o que vale é a lição que podemos tirar do brutal sistema capitalista e suas aberrações.

Esta semana vi que o Ministério Público Federal em Alagoas ingressou com uma ação civil pública contra a cooperativa Unimed Maceió. Pasmem. Isso foi necessário, pois, a cooperativa estava determinando quotas anuais de exame especiais e até procedimentos imprescindíveis como a radioterapia são negados sem uma justificativa plausível. Indo de encontro as recomendações dos próprios médicos conveniados.

Conheço dezenas de amigos que reclamam da prestação de serviços da Unimed. A péssima fama que o convênio criou é de espantar. Pagar altas mensalidades e esperar por horas é fonte de revolta . Que a cooperativa em Alagoas nunca passou por bons momentos financeiros é do conhecimento de todos. E de 2010 para a cá, com o movimento da Unimed Nacional de garantir alta rentabilidade e maior profissionalização, percebe-se que a os valores “operacionais” e empresariais estão se sobrepondo aos direitos dos consumidores.

“Toda essa restrição baseia-se tão somente em critérios operacionais, que são provavelmente guiados por um senso egoístico e distorcido de economicidade, onde a saúde, que deveria galgar patamar de destaque, cede espaço pela busca do lucro exacerbado.”  Niedja Kaspary – Procuradora da República /MPF- AL

Não quero julgar a Unimed, pois apenas imagino a complexidade de manter um sistema tão grande e complexo como este. Sei que a Unimed tem seus deveres para com os médicos , fornecedores, enfermeiros. Entretanto, será que  negar uma sessão de radioterapia é necessária para manter uma rentabilidade aceitável? Será que os custos estão acima da vida?

A racionalização deve ser o norte de qualquer instituição séria. Antes de números a organização deve ter noção da responsabilidade que lhe foi atribuída. Para mim, colocar as vidas das pessoas em primeiro lugar é uma opção mais que racional, especialmente para a Unimed!

Anúncios
Etiquetado , , ,