Arquivo da tag: Fanta

Danone subestima o poder do Crowdsourcing !

As organizações nunca mais serão as mesmas depois das redes sociais. Disso todos temos a absoluta certeza. O poder de disseminar opiniões e botar a boca no trombone ganhou dimensões, que dependendo do apelo, podem rodar o mundo e futucar na ferida aberta de qualquer empresa.

Porém, o lado bom sempre existe, e as informações dos consumidores de qualquer lugar no mundo podem revolucionar um setor. Bem vindo ao maravilhoso mundo do Crowdsourcing. O termo vem da junção das palavras inglesas crowd ( multidão) e source (fonte). Logo, é a utilização da chamada inteligencia coletiva, para a resolução de um problema ou a criação de um novo produto. O termo se tornou popular após uma matéria da famosa revista americana Wired em 2006 com o titulo “The Rise of Crowdsourcing”  escrita pelo jornalista Jeff  Howe.

De lá para cá, muita coisa mudou, e a ideia de ter uma contribuição coletiva para a resolução de problemas é algo sem volta. Se você estiver lendo este post em um navegador Firefox, deve saber que o mesmo foi construído com o auxilio de programadores de todo o mundo. Produtos criados com base no modelo crowdsoursing tendem a serem bem aceitos e sempre estão em constante atualização. Quem nunca deu uma olhadinha no Wikipedia? Quem nunca ouviu falar nos carros da Fiat que foram criados a partir de sugestões? Nas ações promocionais para a escolha do novo sabor de Fanta ou das batatas Ruffles?

Já existem até sites especializados em divulgar os chamados “desafios”. ( No brasil o mais famoso é o battleofconcepts.com.br e no mundo o mais famoso é o  site innocentive.com) Onde as empresas interessadas em novas ideias , resoluções de problemas e até a cura de doenças, divulgam em tais sites os tais “desafios” e as melhores ideias são premiadas em dinheiro ou mesmo com um emprego .

A starbucks ao ver a necessidade de um canal que seja muito mais eficiente do que aquela velha e repugnante caixa de sugestões , criou em março de 2008 o mystarbucksidea.com. No seu primeiro ano de funcionamento chegou a receber mais de 75 mil sugestões para as suas lojas e produtos. No  ambiente o consumidor não só pode mandar uma sugestão como votar nas que considera as melhores. Uma das grandes ideias implementadas através do site foi o Starbucks Vip Card….o nome já diz tudo.

Contudo, hoje fiquei um pouco espantado. Diante de uma abertura tão grande das empresas ao movimento crowdsoursing, fiquei sem entender como o consumidor e suas opiniões são tão subestimados. Em 2010, a Danone lançou uma edição limitada do Danette Ovomaltine e só depois de muitos pedidos pela internet foi que a empresa reformulou a sobremesa  incrementando os famosos flocos do Ovomaltine.

HÃ? Como assim? Foram necessários 2 anos para lançar algo que eu e meio mundo de gente também quer disponível agora? Acho que a empresa deve ter a noção de que dois anos são mais do que suficientes para que num cenário hipotético uma Nestlé da vida criasse o que realmente os consumidores querem! Fica uma lição. Não subestimar o poder da multidão…..

Etiquetado , , , , ,