Arquivo da tag: Amazon

Amazon e seu segredo não tão secreto assim…..

Foto tirada esta semana, onde Jeff Bezos aparece com Anna Wintour ,editora chefe da Vogue americana e ao lado da estilista Muccia Prada.

Sabe qual o segredo da Amazon? Venda o que todos querem comprar! É simples, e sem muita embromação. Tenha medo de coisas muito complexas. As vezes me sinto como um velho conservador, mas meu conforto vem em frases sabias como a dita nesta semana pelo velho Warren Buffett: “The chances of being way wrong in IBM are probably less, at least for us, than the chances of being way wrong in Google or Apple,”

Viu, é simples. Buffett não gosta nem um pouco do fato de colocar dinheiro em uma empresa onde ele e seu pessoal não entendem de forma global o modelo de negocio. Sei que é fácil entender o modelo de negocio da Apple, mas Buffett sabe da linha tênue que a empresa de Steve vive. Sabe que o ambiente do setor de alta tecnologia é rápido demais, perigoso demais.

Jeff Bezos que para mim é atualmente um dos maiores gênios vivos do mundo dos negócios, depois da morte de Steve Jobs, é totalmente guiado por preceitos simples como  o de Buffett. Ligar os pontos é fácil. Se o mercado de roupas na internet é o terceiro nos EUA, e a tendência é aumentar no mundo inteiro, não há o que pensar. Bezos não deixaria que tamanha oportunidade passasse em branco.

Jeff me faz lembrar daqueles filmes sci-fi como Guerra dos Mundos, onde os aliens sempre migram de planetas onde todos os recursos já foram escassos. Ele busca manter a dominância do mercado, não importando no que isso acarretará no seu atual modelo . Ainda mais quando o setor, como o da moda, lhe dá a oportunidade de uma margem de lucro muito maior que em um cd ou livro!

myhabit.com já está no ar e segundo o New York Times são tiradas mais de 3000 fotos de artigos por dia . Tudo sem muita preocupação com orçamento. Se Bezos não tá se importando com os atuais prejuízos do site, por conta dos fretes grátis e das enormes despesas é porque sabe muito bem que o negocio é um dos caminhos que levará ao futuro da Amazon. Para Bezos a compra da Zappos não foi suficiente para o tamanho e potencial do mercado da moda.

Etiquetado , , , ,

Nivelando por cima!

“No prazo de duas semanas, a Amazon decidirá afinal, quando inicia sua operação de e-commerce a partir do Brasil.” Ao ler isso num artigo do site Veja.com, fiquei contente. Já que, concorrência sempre é bom…..especialmente num mercado bagunçado como o brasileiro e melhor ainda quando se fala de Amazon!

A matéria diz que a Amazon pode mudar a cara do e-commerce. É obrigação de jornalista ser pragmático a esse ponto e supor uma possível mudança no setor. Que bom que sou blogueiro! Posso me arriscar e afirmar que para mim, a mudança é mais que certa. Devemos ser realistas. Hoje temos como líder do setor uma empresa chamada Americanas! A minha mãe e as minhas avós amam as Lojas Americanas! Lá tem de tudo um pouco e sempre por um preço popular. As filas são um inconveniente à parte , mas nada que as tirem do sério. 

Agora, se você perguntar a um colega meu o que ele acha da Americanas…….Hum , você pode até se arrepender disso. Não é difícil encontrar alguém desiludido e até certo ponto revoltado com a loja online. Procure entre os seus familiares que compram pela internet e tenho a certeza que encontrará alguma história de sufoco , um verdadeiro calvário para receber apenas por aquilo que comprou.  Não por acaso a Fundação Procon esse ano determinou no dia 15 do mês passado, a retirado do ar dos sites da  companhia B2W (Americanas.com, Submarino e Shoptime). De acordo com o órgão, o número de reclamações contra as empresas do grupo tiveram um aumento de 180% entre 2010 e o ano passado! A maioria por falta de entrega dos produtos!

Por maior que sejam os gargalos de infraestrutura brasileiros e por piores que sejam as trasnportadoras do Brasil. Afirmo que a Amazon tratará com seriedade o mercado. Tá na cultura da organização. Jeff Bezos sabe do poder da maior arma do consumidor desde   os Fenícios: a propaganda boca a boca. 

A logica é simples. Me engane e te odiarei com todas as forças. Pior ainda, irei disseminar a minha raiva para todos em meu circulo de convivência. O mesmo também se dá ao contrário. Philip Kotler em seu livro “Administração de Marketing” cita os consumidores “discípulos” , que espalham a “Boa nova” após uma experiencia que superou suas expectativas. E a Amazon é expert  em superar as expectativas. Não importa quanto custará um centro de distribuição totalmente automatizado , se o mercado valer a pena , será feito. No fim de tudo, o que importa é que o mercado seja nivelado por cima.

Etiquetado , , , , ,

Mais vale um pássaro na mão do que dois voando!

Vira e mexe me deparo pensando em como o foco é importante na vida de qualquer organização. São as decisões tomadas hoje que delimitam os espaços para a empresa no amanhã. A mais de um ano venho acompanhando os resultados pífios – para dizer o mínimo- da B2W, o maior conglomerado do e-commerce brasileiro. E lhe digo uma coisa: A coisa tá PRETA. No ultimo relatório  trimestral de 2011 a companhia amargou um prejuízo de R$: 60,4 milhões .

Como muitos me perguntei: Como uma companhia com receita de R$:3 bi consegue ter prejuizo? Vasculhei o relatório e descobri que de 2010 a 2011 a B2W ,na ânsia de não perder o market share,  diminui sua margem bruta de 27,6% para 25,7%   .  Isso só deu uma leve alta nas receitas, mas, a operação continuou com a mesma taxa de despesas gerais de 2010, em aproximadamente 15%. Ora essa. Não precisa ser um bom matemático para saber que se você diminui sua margem em 1,9% ( lembrando que no varejo isso representa quase que a margem líquida) e mantem o mesmo patamar de despesas………..Hummmmmmm Acho que  deu pra entender!

Acontece que achei necessário contextualizar a situação da B2W para entra no assunto deste post. A matéria de capa da revista Época Negócios deste mês é sobre a Netshoes  e o seu crescimento espantoso. De fato, se tudo ocorrer como o previsto, a empresa fechará 2012 com uma receita de 1 bilhão de reais.  Nos ultimos 3 anos a empresa multipplicou por seis a sua receita e agora chega perto dos MAMUTES como a B2W. Fora o fato de que em 2011, graças a campanhas na TV,  a Netshoes se tornou  a loja online mais acessada do Brasil!

Não sei a sua opinião, mas creio que tudo isso mostra que o cenário já mudou e agora é a vez das .com especializadas. Não é a toa que a Amazon comprou em 2009 por US$: 1,2 BI a loja Zappos. Estamos no momento de consolidação das lojas totalmente voltadas para um mercado específico. Se quero um tênis vou para a Netshoes.com…………Se quero um perfume vou para a Sacks.com……………Se quero roupas de bebês, vou para a Babystore.com e assim como aconteceu no mercado americano, está acontecendo no nosso.

Essas empresas têm enormes vantagens se comparadas a B2W. Vantagens que não vou mencionar, pois dariam um outro post, de tão grandes e complexas que são. Termino apenas com o sábio provérbio que intitula este post: “Mais vale um pássaro na mão do que dois voando”.

Etiquetado , , , , , ,